ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

PRELÚDIOS

Última modificação : Quinta, 12 Março 2015 16:28



CLAUDE DEBUSSY (1862 – 1919)

FRANCÊS – ESCOLA NACIONALISTA FRANCESA/IMPRESSIONISMO – 227 OBRAS 


Prelúdios (duas séries) 


Os Prelúdios de Debussy foram compostos entre 1909 e 1913 e são ao todo 24, divididos em dois cadernos de 12 Prelúdios. Ao contrário dos de Johann Sebastian Bach e de Frédéric Chopin, não possuem nenhum relacionamento tonal, mas se sucedem em uma ordem puramente estética e contrastante. Para muitos, eles são o primeiro passo da música moderna no século XX, particularmente o segundo caderno, onde já no prelúdio inicial Brouillards encontramos o bitonalismo, e onde também a própria notação é muito mais sofisticada e inovadora. Eles são um misto de imaginação, lugares exóticos, mitologia, citações poéticas, fadas, ninfas d’água, duendes e personagens como um típico herói de Dickens – com direito a uma citação do God Save the King, chegando ao encerramento do ciclo com os Fogos de Artifício onde ouvimos até um trecho de La Marseillaise, como em uma genuína comemoração nacional francesa. Os títulos foram dados pelo compositor com o intuito de criar imagens e associações sensoriais no ouvinte.



PRIMEIRO LIVRO

Catálogo nº: CD 125; L.117

Composto entre dezembro de 1909 e fevereiro de 1910

Primeiras apresentações:

25 de maio de 1910 (Nºs 1, 2, 10, 11)

Paris: Société musicale indépendante. Claude Debussy, piano

03 de maio de 1911 (completo)

Paris: Salle Pleyel. Jane Mortier, piano.


12 peças:

. Danseuses de Delphes (Dancers of Delphi): Lent et grave

. Voiles (Veils or sails): Modéré

. Le vent dans la plaine (The Wind on the Plain): Animé

. “Les sons et les parfums tournent dans l´air du soir” (The soundsand frangrances swirl through the evening air): Modéré

. Les collines d´Anacapri (The Hills of Anacapri): Très modéré

. Des pas sur la neige (Footsteps in the Snow): Triste et lent

. Ce qu´a vu le vent d´ouest (What the West Side Wind has seen): Animé et tumultueux

. La fille aux cheveux de lin (The Girl with the Flaxen Hair): Très calme et doucement expressif

. La sérénade interrompue (Interrupted Serenade): Modérément anime

. La cathédrale engloutie (The Engulfed Cathedral): Profondément calme

. La danse de Puck (Puck´s  Dance): Capricieux et léger

. Minstrels: Modere.



SEGUNDO LIVRO

Catálogo nº: CD 131; L.123

Composto entre 1911 e abril de 1913

Primeiras apresentações:

05 de março de 1913 (Nºs 1, 3)

Paris, Salle Érard. Claude Debussy, piano

12 de junho de 1913 (completo)

Londres: Aeolian Hall. Walter Morse Rummel, piano


12 peças:

. Brouillards (Mists): Modéré

. Feuilles mortes (Dead Leaves): Lent et mélancolique

. La puerta del vino (The Wine Gate): Mouvement de Habanera

. “Les Fées sont d´exquises danseuses” (Fairies and Exquisite Dancers): Rapide et léger

. Bruyères (Heather): Calme

. Général Lavine – eccentric: Dans le style et le mouvement d´un Cakewalk

. La terrasse des audiences du clair de lune (The Terrace of Moonlit Audiences): Lent

. Ondine (Undine): Scherzando

. Hommage à S.Pickwick Esq.P.P.M.P.C. (Homage to S.Pickwick): Grave

. Canope (Canopic Jar): Très calme et doucement triste

. Les tierces alternées (Alternating Thirds): Modérément animé

. Feux d´artifice (Fireworks): Modérément animé.





Vídeo