ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

GNOSSIENNES

Última modificação : Sexta, 26 Fevereiro 2016 15:56



ERIK SATIE (1866-1925)

FRANCÊS – ESCOLA NACIONALISTA FRANCESA - C.50 OBRAS 


Figura excêntrica e de imensa importância na música francesa, admirado por C.Debussy (1862-1918) e por John Cage (1912-1992), entre outros, Satie descrevia-se como um “músico medieval posto por engano no século XX”. Suas primeiras peças para piano, agora consagradas, e seus últimos balés para os Ballets  Russes e o Balé Sueco são parcerias magistrais entre coreógrafos, designers e figurinistas. 


Gnossiennes – 6 danças compostas entre 1889 a 1897. Satie costumava usar em suas obras nomes nunca antes usados para indicar um tipo de composição musical. “Gnossienne” deriva da palavra “gnosis”. Na época em que compôs esta obra Satie estava envolvido em um movimento gnóstico, daí o nome da composição:


1. Lent

2. Avec etonnement

3. Lent

4. Lent

5. Modéré

6. Avec conviction et avec une tristesse rigoureuse.

 

 

Ano da composição: 1889–90 (Nºs 1, 2, 3, 5), 1891 (Nº 4), 1897 (Nº 6)

Primeira publicação: 1893 (Nºs 1–3), 1968 (Nºs 4–6)

Estilo: Início do século XX

Instrumentação: Piano solo.

 

As de nº 4-6 não foram, na realidade intituladas Gnossienne por Satie e a ordem das peças se refere à ordem de publicação. Uma sétima Gnossienne - assim denominada pelo compositor - é a Le Fils des étoiles, música incidental composta em 1891.


A Gnossienne nº 1, composta em 1890, uma melodia docemente fluente sobre acordes simples e não emocionais, tornou-se sucesso internacional – faz parte da trilha sonora do filme “Chocolate” - e foi publicada pela primeira vez em setembro de 1893.


A Gnossienne nº 4 foi composta em 1891 e é considerada a mais interessante musicalmente falando, devido à sua transposição de tonalidades.



Vídeo

 

 

 

 

 

Fontes:

IMSLP/Petrucci Music Library

Wikipedia.org