ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

155 anos de Debussy, Os

Última modificação : Segunda, 02 Janeiro 2017 14:18



 

Compositor que viveu na belle époque parisiense e se tornou um dos principais articuladores da revolução artística no final do século XIX.


 

DEBUSSY E A LIBERDADE DE EXPRESSÃO

As ideias de Debussy ajudaram a mudar os conceitos sobre a arte. Ele não queria seguir os esquemas tradicionais e buscava sempre o livre arbítrio nas composições. Dizia: "Não existe teoria. É necessário somente ouvir. Prazer, esta é a lei". Inovador e imprevisível, Debussy tornou-se inimigo das grandes orquestras e passou a dar mais importância aos acordes isolados, timbres, pausas e ao contraste entre registros.Queria compor com liberdade, fora das regras tradicionais. Apesar de classificar Wagner como extravagante, sofreu grande influência do compositor alemão, principalmente na sua concepção do drama lírico. Este traço é marcante nas cantatas La demoiselle élue (1888), Musique javanese à Paris (1889) e Cinq poemes Baudelaire (1889).

 

Ouça “La damoiselle élue”: http://bit.ly/RkHsZG


 

PRÉLUDE À L’APRÈS-MIDI D’UN FAUNE

O compositor nasceu na França em 22 de agosto de 1862 e morreu em 25 de março de 1918 no melancólico final da Primeira Guerra Mundial. Suas obras não chegaram a revolucionar a história da música, mas influenciaram muitos artistas renomados como Ravel, Satie e Bartók, marcando o fim da era wagneriana. Em 1892, inspirado pelo célebre poeta Mallarmé, Debussy começou a trabalhar em uma obra sinfônica. A ideia era compor três partes: prelúdio, interlúdio e paráfrase, mas a única que chegou a ser criada foi o prelúdio em 1894, que deu ao compositor seu primeiro sucesso público: Prélude à L’Après-midi d’un Faune.

 

Ouça Prélude à L’Après-midi d’un Faune: http://bit.ly/P1deFl



DEBUSSY E A SUPERVALORIZAÇÃO DAS ORQUESTRAS 

Apesar da forte influência wagneriana que Debussy sofreu no início da carreira, logo passou a renegá-la. Não concordava com a supervalorização dada às orquestras. Segundo Debussy, elas sufocavam a voz humana e exaltavam de maneira errônea os sentimentos individuais.

 

Continue lendo sobre o compositor: http://bit.ly/Ja1667


 

CLAIR DE LUNE

Composta em 1905 como parte da Suíte Bergamasca, Clair de Lune imortalizou seu criador, Debussy, e tornou-se um dos maiores ícones da música clássica em todo mundo. A canção foi inserida na trilha sonora do filme “Crepúsculo” (2008) e encantou o coração dos jovens que não sabiam que a música também havia sido incluída na animação “Fantasia” (1940), da Disney. Depois da segunda adaptação da película, Clair de Lune foi removida da trilha sonora e lançada como “Bônus”.

 

Ouça Clair de Lune: http://bit.ly/MQw44X





Frase Debussy