ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

CAIXA CLARA

Última modificação : Segunda, 22 Agosto 2016 14:41


 

Família: Percussão

Em italiano: tamburo militare ou tamburo piccolo; em francês: tambour militaire ou caisse claire; em alemão: kleine Trommel.

Diâmetro: 38cm

 

Esse tambor é proveniente da parte musical dos acontecimentos militares. Nessas ocasiões, ele é geralmente colocado a tiracolo, do lado direito do instrumentista, para ser percutido enquanto se marcha.

 

A caixa clara tem duas membranas: a superior, que é percutida, e a inferior, que entra em contato com a esteira. A esteira consiste em segmentos de arame espiralado ou tripa, esticados ao longo da membrana inferior. Quando a membrana superior é percutida, geralmente com baquetas duras, a esteira vibra contra a membrana inferior, produzindo um som claro, enérgico, chocalhante. Às vezes, os compositores pedem para suspender a esteira, evitando assim que ela entre em contato com a membrana inferior e permitindo que as duas membranas vibrem sozinhas. Os toques característicos da caixa clara incluem o rufo ou “rulo”, o flam e o drag. O rufo é produzido ao se alternarem rapidamente toques duplos com cada baqueta – dois com a direita, depois dois com a esquerda e assim por diante. O flam consiste em uma nota acentuada precedida por uma nota de apoggiatura. O drag consiste em uma nota acentuada, precedida por duas ou mais apoggiatura.

 

Os efeitos especiais incluem: tocar com vassourinhas de metal; o rim-shot, produzido ao percutir a baqueta esquerda com a direita, estando a baqueta esquerda com a cabeça tocando a pele da caixa e o maio da baqueta apoiado no aro, com o que o som obtido é similar ao tiro de uma pequena arma de fogo; tocar no aro - percutir no aro de metal ou madeira do instrumento, às vezes percutindo simultaneamente a pele ou alternando entre percutir a pele e o aro.

 

A caixa tenor é realmente uma caixa clara sem esteira e com um som mais grave.


Vídeos: 

 

Ravel: Bolero, onde a caixa clara é o instrumento que dá a base rítmica do começo ao fim

 


Nielsen: Primeiro movimento da Sinfonia nº 5 (no clímax do qual o compositor especifica que o percussionista que toca a caixa clara deverá improvisar livremente "como se estivesse tentando interromper a continuidade da peça")



 

Fonte:

Instrumentos da Orquestra, Roy Bennett