ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

DIE SCHULDIGKEIT DES ERSTEN GEBOTES, K.35

Última modificação : Terça, 08 Março 2016 15:04



WOLFGANG AMADEUS MOZART (1756 – 1791)

AUSTRÍACO – ERA CLÁSSICA - 655 OBRAS

 

Die Schuldigkeit des ersten Gebotes (O Dever do Primeiro Mandamento) é um oratório escrito em 1767, quando Mozart tinha apenas 11 anos. Trata-se da primeira ópera sacra do compositor, ou seja, um oratório encenado. O libreto é atribuído a Ignaz Anton von Weiser, embora outros autores como Johann Adam Wieland ou Jakob Anton Marianus Wimmer, possam ter escrito o libreto (o título da página do libreto se refere ao autor apenas como "J.A.W.").

 

Apenas a primeira parte da ópera foi escrita por Mozart, a segunda e terceira partes foram contribuição de Michael Haydn e Anton Eduardo Adlgasser, respectivamente. As partes escritas por esses compositores não sobreviveram ao tempo, tendo ficado somente a primeira parte composta por Mozart.

 

A primeira parte da ópera estreou no Palácio do Arcebispo de Salzburgo no dia 12 de março de 1767. A segunda parte estreou em 19 de março do mesmo ano, e a terceira parte estreou em 26 de março, também no Palácio do Arcebispo de Salzburgo.

 

No oratório é feita uma alegoria com a Divina Justiça, a Divina Misericórdia, o Espírito Mundano, o Espírito Cristão e o Cristão que discutem ao decorrer da ação as possibilidades das almas do mortais.

 

Papéis principais:

Num jardim perto de uma floresta, em uma época indefinida

 

Gerechtigkeit, soprano - Divina Justiça

Barmherzigkeit, soprano - Divina Misericórdia

Weltgeist, soprano - Espírito Mundano

Christgeist, tenor - Espírito Cristão

Christ, tenor - Cristão

 

Orquestração:

1 cravo (para recitativo)

1 trombone tenor (participação especial)

2 oboés

2 fagotes

2 trompas

Instrumentos de cordas: violinos (primeiros e segundos), violas, violoncelos (para recitativo) e contrabaixo.

 

Árias:

Sinfonia

Recitativo: "Die löblich’ und gerechte Bitte" (Gerechtigkeit, Christgeist, Barmherzigkeit)

Nº 1. Ária: "Mit Jammer muß ich schauen" (Christgeist)

Recitativo: "So vieler Seelen Fall" (Barmherzigkeit, Gerechtigkeit)

Nº 2. Aria: "Ein ergrimmter Löwe brüllet" (Barmherzigkeit)

Recitativo: "Was glaubst du?" (Barmherzigkeit, Gerechtigkeit, Christgeist)

Nº 3. Aria: "Erwache, fauler Knecht" (Gerechtigkeit)

Recitativo: "Er reget sich" (Christgeist, Barmherzigkeit, Gerechtigkeit)

Nº 4. Aria: "Hat der Schöpfer dieses Lebens" (Weltgeist)

Recitativo: "Daß Träume Träume sind" (Christ)

Nº 5. Aria: "Jener Donnerworte Kraft" (Christ)

Recitativo: "Ist dieses, o so zweifle nimmermehr" (Weltgeist, Christ, Christgeist)

Nº 6. Aria: "Schildre einen Philosophen" (Weltgeist)

Recitativo: "Wen hör’ ich nun hier in der Nähe" (Weltgeist, Christ, Christgeist)

Nº 7. Aria: "Manches Übel will zuweilen" (Christgeist)

Recitativo: "Er hält mich einem Kranken gleich" (Christ, Christgeist, Gerechtigkeit)

Recitativo: "Hast du nunmehr erfahren" (Barmherzigkeit, Christgeist, Gerechtigkeit)

Nº 8. Terceto: "Laßt mich eurer Gnade Schein" (Christgeist, Barmherzigkeit, Gerechtigkeit)

 

 

Vídeo