ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

OBERON

Última modificação : Terça, 05 Junho 2018 15:14




WEBER, CARL MARIA VON (1786-1826)

ALEMÃO – ÓPERA ROMÂNTICA – 306 OBRAS

 

OBERON, OR THE ELF KING´S OATH

OBERON, OU O JURAMENTO DO REI DOS ELFOS

 

Ópera romântica em três atos

Ano da composição: 1825-1826

Estreia mundial: 12 de abril de 1826, Covent Garden, Londres, Inglaterra

Libreto: James Robinson Planché, com base no poema (1780) de Christoph Martin Wieland

 

Weber compôs esta ópera quando estava morrendo do tuberculose. Usou um libreto em inglês, baseado num poema que extraía alguns personagens do "Sonho de uma noite de verão" de Shakespeare. Mas a história da ópera é diferente. Tem no início uma abertura muito conhecida - com o toque inicial de trompa, as madeiras saltitantes e as cordas expressivas - e um final "turco". Apesar da instrumentação desigual, a música recebeu elogios de personalidades como Richard Wagner.

 

Planché atribuiu a má receptividade do libreto ao público, afirmando que este só se interessava por "baladas, duetos, coros e festejos, desde que ocupassem o menor número possível de minutos".


 

Papeis principais:

No palácio encantado de Oberon, em Bagdá, Túnis e na França, na época medieval

 

. Oberon, tenor - Rei dos Elfos

. Puck, contralto - Seu criado

. Huon, tenor - Duque de Guienne

. Sherasmin, barítono - Seu escudeiro

. Reiza, mezzo-soprano - Sua acompanhante.


 

Vídeo




 

 

Fonte:

Guia Ilustrado da Ópera Zahar