ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Antonio Carlos Gomes

Última modificação : Domingo, 18 Março 2018 11:10



 

Foi com Carlos Gomes que a arte brasileira, pela primeira vez na história, conseguiu atravessar o Atlântico e foi aplaudida na Europa. Nascido em 11 de julho de 1836, na pequena Vila Real de São Carlos, atual Campinas (SP), o pequeno Tonico, como era chamado pelos familiares, era filho de Manoel José Gomes, mestre de música e banda. A vida de Antônio Carlos Gomes foi, sempre, marcada pela dor. Muito criança ainda, perdeu a mãe, tragicamente, assassinada aos vinte e oito anos. Seu pai vivia em dificuldades, com diversos filhos para sustentar. Com eles, formou uma banda musical, onde Carlos Gomes iniciou seus passos artísticos. Desde cedo, revelou seus talentos musicais, incentivado pelo pai e depois por seu irmão, José Pedro de Sant'Ana Gomes, fiel companheiro. Continue lendo

Vídeo “Gloria”, da Missa de São Sebastião

 

 

É na banda do pai, que mais tarde Carlos Gomes viria a substituir, que ele lidera as primeiras apresentações em bailes e em concertos. Nessa época, Antônio Carlos Gomes alternava o tempo entre o trabalho numa alfaiataria costurando calças e paletós, e o aperfeiçoamento dos seus estudos musicais. Aos quinze anos de idade, compõe valsas e quadrilhas. Aos dezoito anos, em 1854, compõe a primeira missa, Missa de São Sebastião, dedicada ao pai e repleta de misticismo.

 

Vídeo "A Noite no Castelo"

 

 

No Rio, Carlos Gomes foi apresentado a D. Pedro II, que se tornaria seu admirador e apoiador. O imperador o enviou a Milão para que aprimorasse os conhecimentos em música. Anos depois, em 1870, realizou uma marcante apresentação no Teatro Alla Scalla, da cidade italiana, a ópera O Guarani, baseada no romance homônimo de José de Alencar. A obra rodou o mundo. Foi nesta época que conheceu a italiana Adelina Conte Peri, por quem se apaixonou. Pianista e professora, ela era colega de conservatório do compositor. Em 1871, casaram-se. Embora a união tenha sido um tanto quanto conturbada, tiveram cinco filhos - três morreram prematuramente.


Saiba mais sobre uma das óperas mais famosas de Carlos Gome, "O Guarani"

Conheça a abertura de "O Guarani"



No fim da vida, Carlos Gomes passou por grandes dificuldades financeiras, sofreu várias crises nervosas e viciou-se em ópio. Há quem diga que manteve casos amorosos com várias mulheres, o que justificaria a separação com Adelina, em 1885. Um ano antes de morrer, o compositor foi convidado para dirigir o Conservatório do Pará. Mesmo doente, aceitou o convite. Após três meses no cargo, Carlos Gomes morreu em Belém, no dia 16 de setembro de 1896, aos 60 anos.

 

Veja aqui um pequeno documentário sobre o compositor.