ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

TROIANOS, OS

Última modificação : Quarta, 10 Agosto 2016 14:55


 

HECTOR BERLIOZ (1803-1869)

FRANCÊS – ERA ROMÂNTICA – 124 OBRAS

 

 

LES TROYENS, H.133

 

Grand opéra, em cinco atos

Ano da composição: 1856– 1858, adições/revisões entre 1859–1860 e 1863;

1864 (Marche troyenne)

Libretista: Hector Berlioz, com base em Eneida, de Virgílio (19 a.C.) Livros II e IV

Dedicado à Princesa Carolyne Sayn-Wittgenstein (1819–1887)

Idioma: francês

Estilo: Romântico

Para coro, vozes e orquestra

Data da estreia:

. Atos III-V: 04 de novembro de 1863, Théâtre-Lyrique, Paris, França

. Atos I-II, versão de concerto: 07 de dezembro de 1879, Théâtre du Châtelet, Paris, França.

. Foi apresentada na íntegra somente 21 anos após a morte do compositor, em 05 e 06 de dezembro de 1890, em Karlsruhe, em versão alemã de O.Neitzel.

 

 

Há muito fascinado pela Eneida de Virgílio, Berlioz finalmente adaptou o épico em Les Troyens, ópera espetacular de cinco atos, com 22 papeis, enormes coros e balés. Hoje a obra, em duas partes, costuma ser apresentada em noites sucessivas: os Atos I e II, que não chegaram a ser encenados em vida de Berlioz, sob o título de A queda de Troia; e os Atos III a V, contando a trágica história de amor de Dido e Enéas, como Os troianos em Cartago.

 

Temendo nova rejeição do público de ópera em Paris, Berlioz só foi convencido a compor Les troyens por insistente estímulo da amante de Liszt, a princesa Carolyne Sayn-Wittgenstein, que, como Liszt, admirava a sua música.

 

Les Troyens é a maior ópera de Berlioz, e sob muitos aspectos sua maior realização. Nela, conseguiu unir sua busca do classicismo de um Gluck, em estrutura e forma, a sua própria paixão pelo que é expressivo e vivo.

 

 

Papeis principais:

Troia e Cartago, na Tunísia, na Antiguidade lendária

 

. Cassandra, mezzo-soprano - Profetisa troiana

. Corebo, barítono - Um príncipe asiático

. Príamo, baixo - Rei de Troia

. Enéas, tenor - Herói troiano

. Dido, mezzo-soprano - A rainha viúva de Cartago.

 

 

Vídeo



 

 

Fontes:

Guia Ilustrado da Ópera Zahar

Kobbé, O Livro Completo da Ópera - Jorge Zahar Editor

IMSLP/Petrucci Music Library