ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

VIÚVA ALEGRE, A

Última modificação : Sexta, 30 Outubro 2015 16:13


 

FRANZ LEHÁR (1870-1948)

HÚNGARO - ÓPERA ROMÂNTICA - C.260 OBRAS

 

DIE LUSTIGE WITWE

 

Opereta em dois atos

Ano da composição: 1905

Data da estreia: 30 de dezembro de 1905, Theater an der Wien, Viena, Áustria

Libreto: Viktor Léon (1858-1940) e Leo Stein (1872-1947), com base na história sobre uma viúva rica, Hanna Glawari, e sua tentativa de encontrar um marido, já abordada na comédia de 1861, L' Attaché d'ambassade (O Adido da embaixada), por Henri Meilhac (1830-1897), que foi um escritor francês dramático, famoso libretista de operetas e de óperas.

 

Estreou triunfalmente em 1905, e logo bateu recordes de público muito além da Europa. Lehár compôs a mistura musical exata para a época: cintilante alegria imperial no velho estilo vienense e ingênua nostalgia. Na passagem do século, o público ansiava por tempos mais tranquilos e menos problemáticos. E, para encantar os corações, nada mais irresistível que a valsa "Lippen Schweigen", do Ato II.

 

Lehár usou uma orquestra maior do que a até então usual para operetas. A música é um misto inebriante de dança folclórica dos Bálcãs, cabaré parisiense e valsa vienense. A opereta conta a história de uma jovem "viúva alegre", Hanna, que herda uma fortuna do marido banqueiro. Para impedi-la de casar com um estranho, o conde Danilo é enviado pelo embaixador de Pontevedrian para conquistá-la - o que consegue. O dinheiro, portanto, permanece em Potevedro, evitando a bancarrota.

 

Uma verdadeira "mania Viúva Alegre" varreu o Novo Mundo em 1907: mais de 5.000 récitas nos EUA; em Buenos Aires, foi montada simultaneamente em cinco teatros.

 

 

Papeis principais:

Paris, França

 

. Barão Zeta, tenor - Embaixador de Pontevedro * na França

. Conde Danilo Danilowitsch, tenor - Um preguiçoso playboy de Pontevedro

. Camille de Roussilon, tenor - Apaixonado por Valencienne

. Hanna Glawari, soprano - Jovem e rica viúva de Pontevedro.

 

(*) País fictício dos Bálcãs

 

 

Vídeo





 

 

Fontes:

Guia Ilustrado da Música Clássica Zahar

Guia Ilustrado da Ópera Zahar