ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

ZABUMBA

Última modificação : Sexta, 26 Fevereiro 2016 16:01




Família: percussão


 

Grande tambor cilíndrico, semelhante ao bombo, com pele nas duas bocas, utilizado em manifestações folclóricas brasileiras, como maracatus e congadas, ou em formas de música popular, como o baião.

 

O tambor é confeccionado de pranchas de madeira coladas com veios alternados ou metal, no formato de caixas cilíndricas. De médias a grandes dimensões e sonoridade grave, é tocada ou percutida por varetas, macetas ou baquetas, em superfície com uma ou duas membranas esticadas em uma das bases, as quais, percutidas, produzem sons indeterminados, muito usado para marcar o ritmo em determinados gêneros musicais como a chula portuguesa, baião, xaxado e xote.

 

Com seu som grave marca o tempo forte da música. Marca também o contratempo devido à sua vareta chamada bacalhau, que bate na pele inferior. O som grave funciona como uma espécie de bumbo de bateria, enquanto trabalha o bacalhau, que é uma espécie de caixa. Sua pele pode ser de couro ou de nylon.

 

Diferente de qualquer peça de bateria, surdo, bumbo ou similares, a zabumba tem um abafador na sua parte superior, para retirar o excesso de harmônicos na nota emitida pela vibração da pele. Cada abafador varia em espessura e maciez. Dependendo do tamanho da zabumba (normalmente medido em polegadas).

 

Partes da zabumba: Aros, peles, canôas, garras e corpo.

 

Quanto maior a profundidade do instrumento, maior a facilidade em emitir notas com frequências mais baixas (grave) e quanto maior o diâmetro, maior a facilidade em emitir harmônicos.

 

Acredita-se que, genuinamente, a zabumba seja um instrumento musical de origem negra. No entanto, no Brasil, o estado do Pernambuco é consagrado como a terra de grandes mestres de zabumba.

 

No Brasil, a zabumba é bastante típica em bandas de forró e outros ritmos nordestinos, como o baião, o xaxado e o xote, além de também ser muito comum nas festas de “bumba meu boi”, na região norte do país.

 

Os tradicionais grupos denominados "pé-de-serra" são compostos por instrumentos básicos, como a zabumba, o triângulo e a sanfona, sendo bastante apreciados nas festividades típicas da quadra junina do nordeste brasileiro.

 

 



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Dicionário de Música Zahar, 1985 - Direitos para a língua portuguesa, Zahar Editores S/A

wikipedia.org

Página acessada em 27/01/2016.