ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Pequeno Livro de Anna Magdalena Bach - I, O

Última modificação : Quarta, 26 Novembro 2014 17:52



JOHANN SEBASTIAN BACH  (1685-1750)

ALEMÃO – ERA BARROCA - 972 OBRAS

 

O título Pequeno Livro de Anna Magdalena Bach se refere aos dois cadernos manuscritos que  J.S.Bach presenteou à sua segunda esposa Anna Magdalena (1701-1760). Música para teclado (minuetos, rondós, polonaises, corais, sonatas, prelúdios, musettes, marchas,gavotas) compõe a maior parte de ambos os cadernos e umas poucas peças para voz (canções e árias) também são incluídas.Os dois cadernos são conhecidos pelas datas de suas páginas de título, 1722 e 1725. O título Pequeno Livro de Anna Magdalena é usado geralmente para se referir ao último deles. A diferença primária entre as duas coleções é que o caderno de 1722 contém apenas composições de Johann Sebastian Bach (incluindo a maioria das SuítesFrancesas), enquanto que o caderno de 1725 é uma compilação de músicas de Bach e outros compositores da época. Ele fornece um vislumbre quase sem paralelos, sobre a música doméstica no século XVIII e o gosto musical da família Bach.

 

O CADERNO DE 1722:

Este caderno contém 25 fôlhas não encadernadas (inclusive duas páginas em branco) que se supõe constituírem apenas um terço do original. O que aconteceu às outras páginas é ignorado. A parte de trás e os cantos são decorados com couro marrom e a capa é em papel grená. Na página título está escrito: Clavier-Büchlein vor Anna Magdalena Bach, Anno 1722 com a letra de Anna Magdalena. Por alguma razão desconhecida dos pesquisadores, Johann Sebastian anotou no canto inferior direito da primeira página os títulos dos três livros do teólogo August Pfeiffer (falecido em 1698):

 

         "Ante Calvinismus" é o título mal grafado e resumido de Anti-calvinismus, oder Unterredungen von der Reformierten Religion (literalmente, "Anti-Calvinismo, ou Diálogos sobre a religião reformada ").

         O "item Christen Schule" se refere ao Evangelische Christen Schule ("Escola Cristã Evangélica") de Pfeiffer.

         "AntiMelancholicus" é Anti-melancholicus, oder Melancholey-Vertreiber (literalmente, "Anti-melancolia, ou algo/alguém utilizado para combater a melancolia").

O caderno contém as seguintes obras, a maioria escrita à mão pelo próprio Bach:

         Cinco suítes para teclado. As três primeiras, são fragmentos de peças que hoje são conhecidas como as três primeiras Suítes Francesas, BWV 812–816. As próximas duas são as suítes completas, Suites Francesas nº 4 e n° 5, BWV 815–816. Os minuetos das suítes 2 e 3 estão separados das demais peças que integram as duas suítes e acredita-se que tenham sido um acréscimo posterior, algum tempo antes de 1725, feito por Anna Magdalena (é quase certo que a letra do manuscrito é dela).

         Fantasia pro organo, Fantasia para órgão, inacabada, BWV 573. Uma pequena peça para órgão, 12 compassos completos e apenas o início do 13º compasso.

         Ária com variações, em dó menor, incompleta, BWV 991. Os primeiros 10 compassos possuem uma escrita a duas vozes coerente, mas nos 35 compassos restantes foi escrita apenas a uma voz.

         Jesus, meine Zuversicht”, prelúdio coral, BWV 728. Uma pequena peça (9 compassos) a três vozes com duas seções e uma repetição para cada seção.

         Minueto em Sol maior”, BWV 841 (não confundir com o “Minueto em Sol maior” de Petzold do caderno de 1725). Uma pequena dança com uma escrita simples a duas vozes e duas seções, cada uma com uma repetição.



Leia também: O Pequeno Livro de Anna Magdalena Bach I


Vídeo